Recuperando as cuecas
quarta-feira, 28 de julho de 2010

Faz um tempo que eu comecei a me controlar. Resolvi pagar as contas e ser uma pessoa comum, com dinheiro para comer quando tiver fome e comprar uma camiseta quando sentir vontade. Claro, a vontade nunca some. Eu compro uma e quero duas, compro três e quero o mundo.

Enfim. Parei de comprar um pouco, resolvi pagar as contas. Hoje, devo para pouca gente. Um cartão de crédito em aberto - mas a divida é pequena, juro, e vou pagar mês que vem (lembre-se: eram seis cartões, com uma dívida de 8 mil reais), uma grande quantia para uma pessoa que me ajudou (pelo menos ela não cobra juros) e só. Estou livre das dívidas e do SPC.

Não é demais?

Sim, é. Dá sensação de liberdade, de ter dinheiro livre, sem ser comprometido, pra gastar quando quiser. Comprar roupas é bom, mas eu aprendi a controlar e deixar, sempre, um limite mínimo disponível na conta, para passar o mês.

Iuhu. Caio projeto 2056 livre das dívidas!

 



o celular, o tênis e a lista de fazer compras
sábado, 3 de abril de 2010

Um belo dia eu falei: vou parar de comprar.

Não deu certo, claro. Daí eu fiz uma lista de todas as coisas que eu queria comprar em 2010. A maioria era roupa. No meio, tinha um Mac. Aí aconteceu o seguinte: eu achei que todas as roupas seriam necessárias com urgência, porque eu ia ficar lindo com elas e elas iam me dar um estilo único.

Resultado? Estamos em abril e eu já comprei a lista toda, praticamente.

Agora faltam algumas coisas, tipo o tênis da Adidas Star Wars que eu quero e que custa R$ 380. Fui comprar ontem no Morumbi, tinha acabado. Hoje passei na Augusta e lá estava ele, me olhando, do meu tamanho. Não comprei. Preciso guardar dinheiro.

Enquanto isto, a Vivo insiste que a minha conta telefônica é de 2000 reais todos os meses. E eu tenho que ligar pra lá todos os meses e reclamar.

Vida boa, nã0?

 



Cartão de crédito
segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Não sei se vocês viram, mas a melhor proposta do mundo chegou em casa outro dia. Postei no TwitPic.

Uma pena que eu já tinha gastado meu salário todo.

 



quantos cartões de crédito você tem?
sábado, 23 de janeiro de 2010

sim, eu sou o cara que teve seis cartões de créditos. só não tive mais porque os bancos se tocaram, mas eu pedi cartão da Tam, cartão do iG, cartão do Greenpeace, cartão da Unilever. Enfim, todos os cartões que você possa imaginar.

Quando vi, devia uns 20 mil reais. Sem brincadeira. Comecei a pagar. Aos poucos. 2009 foi de pagamento. Eu, com o meu belo salário (NOT) financiei, um a um, os cartões de créditos.

Ainda falta metade.

Beijo.

 



Pagandinho
terça-feira, 27 de outubro de 2009

De uns tempos para cá, resolvi que iria fazer do SPC um ex-amigo. Na real, os bancos resolveram me ajudar. Fiquei sem pagar o cartão de crédito por quase um ano. Devia, em cada um, uns 2 mil reais. Aí chegaram propostas:

1 - pague a vista por R$ 300
2 - pague em x vezes por R$ 600

Resolvi pagar, claro. Passava o mês apertado, mas pra quem gastou dois mil, pagar trezentão fica fácil.

Então, aprendemos uma coisa com essa lição, criançada? Gaste pra caralho. Não pague. Espere a proposta. Este é o ciclo da dívida!

 



Bonitas
quinta-feira, 23 de julho de 2009

Parece que quando você resolve pagar as contas, as roupas ficam lindas.

 



Vergonha na cara
sexta-feira, 17 de julho de 2009

Resolvi pagar as contas. Todas de uma vez. Isso fez um rombo no meu orçamento. Até dezembro sem um real. Beijo.

 

 
 
 
caio caprioli
gasta que nem um louco mas não tem dinheiro nem para pagar o almoço.
caio também faz
iboy
sem paletó
metablog
bookmarks
eu quero!> eu quero um wayfarer
cinqcontreun
navegue
ju arruda
fran
capitu
água de tomate
playstop
dois dias por semana
premiére-vue
beegirl
mitcha
desabrochar
surbanistas
noodle
desmodando
toques de alma
bebidinhas
comidinhas
dica do dia
julia petit
papel pop
pop life
just jared
dlisted
perezhilton
hypercool
arquivos
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Outubro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Abril 2010
Julho 2010